O número de vegetarianos em Portugal quadruplicou numa década

De acordo com um estudo divulgado pela Associação Vegetariana Portuguesa (AVP), realizado pela Nielsen, em 2017, o número de vegetarianos em Portugal quadruplicou na última década. Concluiu-se que, à data da pesquisa, 120 mil portugueses adoptaram um regime alimentar vegetariano, o que equivale a 1,2% da população do país. O mesmo estudo realizado em 2007 tinha concluído a existência de 30 mil vegetarianos em Portugal, o que demonstra o crescimento relevante dessa população num curto espaço de tempo.

A AVP aponta também que esta tendência era esperada, dada a expansão de produtos vegetarianos no mercado português bem como do sector da restauração e do pequeno comércio destes produtos. Outros dados levantados sobre o crescimento do vegetarianismo em Portugal concluem que:

- Mulheres e jovens entre 25 e 34 anos são os que mais se abstêm do consumo de produtos de origem animal.

- O consumo frequente de carne e peixe reduziu na última década de 79% para 77% e de 76% para 70%, respetivamente.

- 0,6% da população segue uma alimentação estritamente vegetariana ou vegana, aproximadamente 60 mil indivíduos, o dobro do apurado em 2007.

A Vitamina B12 e o vegetarianismo/veganismo

A vitamina B12 é um nutriente presente em alimentos de origem animal, como leite, queijos e ovos. Portanto, é comum que, numa dieta vegetariana haja um consumo inadequado desta vitamina o que pode levar ao surgimento de sintomas como palidez, fraqueza e cansaço, característicos da anemia por deficiência da vitamina B12.

Pensando neste público crescente em Portugal, a FDC® lança um suplemento que pode ser tranquilamente consumido pelos adotantes deste estilo de vida. FDC® Vita B12 contém a quantidade adequada de vitamina B12 isolada, que contribui para o funcionamento normal dos sistemas nervoso e imunitário, especialmente indicada para complementar a dieta de vegetarianos e veganos.

Voltar